Folhas Crochet






Aprendi a fazer estas lindas folhinhas e tentei dar-lhes algumas utilidades! Quem sabe se posso transformar a simples flor numa pregadeira! Ou noutra coisa qualquer... Fica apenas a ideia...

Corações Quebrados

Corações quebrados, ora porquê? Simples, porque foram feitos com as aparas da massa quebrada, com que fiz a tarte de maçã e canela...


Mas como não fiquei muito contente com o resultado, porque sou pobre e mal agradecida, resolvi dar-lhes um pouquinho de cor e sabor...




Assim, sim... muito melhores para a vista e para o paladar... Estes 3 lindos marcharam logo, podiam ficar estragados e mais vale prevenir...





Continuação de um bom Domingo, para quem passa por aqui!

Tarte de Maçã e Canela


Pois é, esta tarte já andava debaixo do meu olho há algum tempo e ontem decidi pôr as mãos na massa... Já tinha visto aqui a receita e aqui, uma versão muito idêntica. Qual delas a melhor!Agora vou publicar a receita como eu fiz. Espero que gostem. Eu adorei... Obrigado minhas queridas por partilharem esta maravilha!


Ingredientes:
- 1 massa quebrada
- 9 maçãs
- 1 limão
- 2 c. (de sopa) de água
- 5 c. (de sopa) de açúcar
- 2 paus de canela
- canela em pó q.b.


Preparação:
Descasque 7 maçãs, retire-lhes o caroço, corte-as aos cubos e regue-as com sumo de limão para as maçãs não oxidarem. Coloque a maçã num tacho, junte a água, o açúcar, os paus de canela e leve a lume brando até ficar cozida. Retire do lume, elimine os paus de canela e com um garfo transforme a maçã cozida em polpa. Estenda a massa numa forma de tarte, apare e pique o fundo com um garfo. Verta a polpa da maçã na tarteira. Descasque as restantes maçãs, corte-as ás fatias e com elas decore a tarte a gosto. Leve a cozer, em forno pré-aquecido a 180º C, cerca de 30 minutos ou até adquirir um tom dourado. Retire e polvilhe com canela em pó.

Semifrio de Bolacha e Doce de Ovos

Aqui está a receita do meu bolinho de Aniversário. Espero que gostem!


Ingredientes:
Para a base
- 3 ovos
- 75 g açúcar
- 75 g farinha

Para o recheio
- 6 fls de gelatina
- 4 dl de natas
- 1 lata de leite condensado
- 1 pacote de bolacha maria
- café forte q.b.

Para a cobertura
- 4 gemas
- 130 g de açúcar



Preparação:
Prepare a base. Unte uma forma de fundo amovível com manteiga e polvilhe com farinha. Ligue o forno a 180º. Bata os ovos com o açúcar até obter uma massa fofa e esbranquiçada. Junte a farinha e bata novamente. Leve a cozer, retire e deixe arrefecer. Volte a colocar na forma.
Prepare o recheio. Demolhe as folhas de gelatina em água fria. Bata as natas e junte-lhes o leite condensado. Junte uma colher de sopa de água ás folhas de gelatina e leve ao microondas para derreter. Adicione no preparado anterior. Sobre a base do bolo, disponha camadas alternadas do creme e das bolachas previamente embebidas em café. A última camada deve ser de creme. Leve ao frigorífico até prender bem.
Prepare a cobertura. Coloque o açúcar num tachinho e cubra com água. Leve ao lume até obter ponto de pérola. Retire do lume e deixe amornar. Entretanto, bata as gemas com um garfo e misture-lhes em fio e batendo sempre, a calda de açúcar. Leve de novo a lume brando, não parando de mexer para não talhar nem se pegar ao fundo e deixe cozinhar, até obter a consistência desejada. Para servir, retire do frio e desenforme cuidadosamente. Decore a superfície com o doce de ovos.

O Meu Bolo de Aniversário

Ora aqui está o meu bolinho de aniversário! Se é que lhe podemos chamar assim, porque isto é mesmo um semifrio, mas também tem bolo. Optei por fazer isto, porque assim serviu de sobremesa e deu para cantar os Parabéns! Sim, mas falta qualquer coisa... eu sei, as velinhas!!!

Aqui estão elas!!! Grandes, para assinalar bem a data.


Este bolinho dedico a quem me deixou uma mensagem, no post do meu aniversário, como prova do meu agradecimento sincero, pelas palavras simpáticas que me dedicaram. Um muito obrigada!!!

A receita vou publicar na próxima mensagem, porque como foi a primeira vez que fiz isto, estou em fase de compilação da receita, porque tirei um bocadinho daqui e dali, para conseguir que saísse esta maravilha! Sim, porque isto é realmente uma coisa, que não tem explicação, só apetece comer um bocado, mais um bocadinho... Espero que tenham gostado... Para o ano há mais... Haja saúde!!!

As Minhas Petúnias 2




As cores são muito idênticas ás anteriores que eu publiquei, mas estas foram a minha última aquisição e são matizadas. Ainda estão para durar, o mesmo não posso dizer das outras, porque uma foi-se logo após 5 dias e a outra está prestes a ir pelo mesmo caminho. Estas estão-se a revelar mais duradouras. Também estão em meia sombra. As outras foram quase colocadas á terreira do sol. É que eu costumo ver isto em floreiras altas colocadas nos candeeiros de jardim, a apanhar todo o sol e pensei que as minhas iam aguentar. Temos pena...



Arroz de Cenoura e Ervilhas





Um arroz muito apreciado pela minha pequenita, assim que vê as bolinhas verdes, até os olhinhos brilham...

As Minhas Flores




Estão lindas!!! Não acham? As fotos é que não estão grande coisa, porque estava muito sol... Ou então é da habilidade...

Torcidos Folhados



Hoje, deixo-vos apenas este miminho, que fiz com a massa que me sobrou da quiche. Foram feitos com a mão, nada de usar o rolo da massa. Amassei, juntei açúcar e canela, voltei a amassar, espalmei com a mão, cortei tirinhas e torci. Levei ao forno e ficaram muito bons...

Quiche de Frango Assado e Linguiça





Ingredientes:
1 massa folhada
1 linguiça
frango assado
cogumelos laminados
salsichas
2 dl de natas
2 ovos
coentros
queijo ralado
sal e pimenta



Preparação:
Ligue o forno a 200˚C. Forre uma tarteira com a massa folhada e pique o fundo com um garfo. Adicione então o frango assado aos pedacinhos, os cogumelos laminados, a linguiça e as salsichas cortadas ás rodelas. Polvilhe com coentros picados. Numa tigela, misture as natas com os ovos, tempere com sal e pimenta e espalhe esta mistura sobre a quiche até tapar todos os ingredientes. Polvilhe a gosto com o queijo ralado e leve ao forno durante 35 minutos. Retire, desenforme e sirva morna ou fria.

Torta Boca Doce

Tinha uma torta de chocolate a necessitar de ser consumida...E também uma receita em mente, mas quando chegou a hora h, reparei que me faltava um ingrediente importante, então tive que remediar o problema, alterar o conteúdo e a minha opção foram os pudins Boca Doce, escolhi morango e ananás, porque achei que combinavam melhor com a torta. Então fiz assim...
Ingredientes:
1 torta de chocolate
1 pudim boca doce de morango
1 pudim boca doce de ananás
4 folhas de gelatina
Preparação:
Corte a torta em fatias com aproximadamente 1 cm e com elas forre o fundo e as laterais de uma forma de fundo amovível com fundo (Para a próxima, vou tentar não me esquecer de colocar papel vegetal ou película aderente no fundo da forma, para desenformar mais facilmente e ficar mais bonito). Faça o pudim de morango conforme a embalagem. Depois de pronto, junte 2 folhas de gelatina previamente demolhadas em água fria, e deite o pudim sobre a torta. Leve ao frio para solidificar levemente. Entretanto, prepare o pudim de ananás, junte as restantes folhas de gelatina e deite com cuidado em cima do outro pudim. Leve novamente ao frio até ao momento de servir. Se necessário, apare as fatias de torta, ou prepare mais um pudim com outro sabor a gosto. Desenforme sobre um prato de servir e sirva bem fresquinho. Foi uma boa opção!

Búzios Gratinados com Atum e Camarão


















A receita já se encontra aqui, alterei o tipo de massa e acrescentei miolo de camarão ao refogado de atum. Cada vez melhor! E ficou muito engraçado porque os camarões esconderam-se dentro dos búzios!




Ilha Flutuante do Mar Vermelho

Bem, depois de ter visto aqui uma ilha flutuante feita no microondas, resolvi fazer uma grande trapalhada e não fazer a receita na integra, mas sim com algumas modificações. Como achei que claras batidas em castelo no microondas não ia sair grande coisa, mas como tinha que experimentar... Juro que não tinha fé nenhuma naquilo... Mas enfim, bora lá... Para não perder tudo, decidi fazer apenas as farófias. Tinha lá 4 claras congeladas e resolvi usá-las... Depois como achei que correu bem e que até poderia ser bom... Para resolver a questão do molho, optei por dar uso ao meu doce caseiro de framboesa e tirei daqui a ideia do nome mas com adaptação da cor. Então fiz assim...





Ingredientes:
4 claras
4 c. (de sopa) de açúcar
doce de framboesa q.b.




Preparação:
Bata as claras em castelo e quase no fim adicione o açúcar, batendo até obter um merengue forte. Deite colheradas de merengue até cerca de metade de uma taça, e leve ao microondas na potência máxima aproximadamente 30 segundos (conforme a potência do microondas). Retire colheradas de farófias e coloque num recipiente a gosto. Derrame por cima o doce de framboesas ou outro a gosto.




Para experimentar outra opção, coloquei algumas colheradas de farófias numa taçinha á parte e polvilhei apenas com canela. Para mim, qualquer um dos dois tipos é bom!


Bom Apetite!!!

Limão Gigante

O que me dizem deste fruto? É realmente gigante! Nas fotos não dá bem para ter a noção, mas comparado com os outros da mesma árvore... este penso ser o maior que alguma vez deu. Ainda não o medi, porque ele está em casa dos meus pais e a minha mãe não achou muito boa ideia quando eu disse que o ia apanhar! Mas quando a apanhar desprevenida...






O limoeiro também tem lá outros muito giros e fora do normal, mas ainda estão em crescimento, depois vou tentar tirar umas fotos para vos mostrar...

As Minhas Flores no Meio dos Sobreiros

Pois é, neste momento esta é a única plantinha que está a dar o ar de sua graça, no meio dos sobreiros, as outras estão envergonhadas e decidiram não florir... será que estão de greve? Espero bem que não, senão vou ter que estar horas a ouvir os seus protestos... e não temos muito tempo para isso... regar, retirar umas ervinhas e atar uns raminhos, ainda se vai dando um jeito... agora blá...blá...blá... só mesmo para desanuviar a mente! Só elas me compreendem...







Quando outra das minhas amigas resolver dar o ar de sua graça, depois mostro! Esta já esteve mais florida, mas nessa altura nunca levei a máquina comigo... estava muito longe de casa! lol...

Salada Colorida


Hoje, deixo-vos apenas uma saladinha bem colorida para servir de acompanhamento a uma refeição ligeira ou mais substancial. Foi feita com alface, tomate, pepino, cenoura e cebola... Tudo lá do quintal, muito mais natural!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...