Bolo Fofo com Creme de Pasteleiro Caseiro

Dia de aniversário da filhota… Bolinho para levar para a escolinha. Bolinho para o jantar em família. Vamos lá ver o que vai sair…

Depois de dar uma vista de olhos às receitas já testadas, a escolha recaiu novamente na massa que até agora me transmite mais sabor e fofura… Se era para uma fofinha, tinha que fazer um bolo fofo. Depois da massa, faltava escolher o creme… Também não era difícil. Das experiências mais recentes com cremes, já tinha a escolha acertada. Muito melhor do que os preparados!

Faltava escolher as decorações que iria utilizar (Já tinha partilhado umas ideias com a aniversariante, mas faltava separar as decorações para os 2 bolos)… Os formatos já estavam escolhidos… Tudo Ok! Planeamento feito, cozinha vazia, vamos lá colocar a batedeira a funcionar que temos bolinhos para fazer.





Tempo de preparação: 60 m
Dificuldade: **
Vegetariano: não
Para crianças: sim
Ingrediente principal: leite
Prato: bolo


Para o bolo
4 ovos
135 g de açúcar
135 g de farinha
1 c. (de chá) de fermento
40 ml de leite
raspa de limão


Para o recheio
5 dl de leite
150 g de açúcar
1 casca de limão
25 g de farinha de trigo
25 g de farinha maisena
4 gemas



Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma redonda de 22 cm de diâmetro com manteiga, forre o fundo da forma com papel vegetal também untado. Polvilhe com farinha. Peneire a farinha, com o fermento. Reserve. Com a batedeira na velocidade máxima bata as gemas, 50 g de açúcar, a raspa de limão e o leite até obter uma mistura fofa, espessa e volumosa, entre 7 a 10 minutos. Numa taça à parte, bata as claras em castelo. Quando estas começarem a espessar junte aos poucos o restante açúcar e continue a bater até ficarem firmes. Junte metade das claras à mistura das gemas e envolva suavemente, sem bater, até ficar homogéneo. Depois junte as restantes claras e envolva novamente. Aos poucos junte a mistura de farinha e continue a envolver suavemente, até obter uma mistura homogénea. Transfira a massa para a forma previamente preparada, com a ajuda de uma espátula espalhe a massa. Leve ao forno até estar cozido (cerca de 20 minutos). Retire do forno e deixe arrefecer.

Creme:
Ferva 4 dl de leite com metade do açúcar e a casca de limão. Misture o restante açúcar com a farinha e a maisena. Junte o restante leite, que reservou frio, e misture. Acrescente as gemas ao creme anterior e misture bem. Verta-lhe o leite quente, mexendo sempre. Leve a cozer, até ficar espesso. Retire a casca de limão do preparado e transfira-o para outro recipiente. Tape-o com película aderente, colando-a ao creme, para não adquirir crosta, e deixe-o arrefecer.

Divida o bolo ao meio com a ajuda de uma faca ou utensílio próprio. Recheie o bolo com o creme já frio. Coloque a outra parte e barre o bolo a toda a volta. Decore a gosto.


  
Notas:
- Para facilitar e agilizar a confeção do bolo deve preparar o recheio com antecedência. Eu preparei-o à hora de almoço para utilizar à noite.

- Para a decoração utilizei coco ralado azul e na falta de stock (do Intermarché) de coco ralado verde, substituí por bolachas Oreo moídas, a simular o chão, afinal de contas a Primavera ainda não chegou :)

- A placa com a dedicatória, fiz em E.V.A. utilizando aquelas réguas com o abecedário, uma simples caneta preta, uma tesoura de corte com efeitos, dois paus de espetada, um pouco de cola e estava feito.

- Gostei muito do resultado final.




Beijinhos e fiquem bem.




Parabéns Filhota!

Hoje é o dia do teu aniversário, aquele em que completas 6 anos na nossa companhia. Ontem à noite preparei este bolinho para levares hoje para a escolinha e partilhares com os teus amigos. 

Espero que tenhas um dia Muito Feliz e que venham muitos mais, cheios de saúde e alegria. O pai também está de Parabéns! 6 anos já passaram depois da operação de urgência ao cerebelo…




Muitos beijinhos e sê FELIZ!!!




Torta com Recheio Cremoso de Canela

Já tinha saudades de fazer uma torta! Isto são fases… Ou faço todas as semanas ou então estou uma eternidade sem fazer. Quem diz tortas, diz tartes e assim sucessivamente. Mas em boa hora a fiz, porque é simplesmente maravilhosa.

Estava com receio de a enrolar, porque usei o creme todo, mas também tinha utilizado o tabuleiro do forno, por isso arrisquei. Numa próxima, vou dosear a receita do creme apenas para 4 dl de leite, que penso ser suficiente.

Ficou tão cremosa e fofa, que nem sei bem explicar. O melhor mesmo é experimentarem.


Tempo de preparação: 45 m
Dificuldade: *
Vegetariano: não
Para crianças: sim
Ingrediente principal: leite
Prato: lanche


Ingredientes:

Para a massa
6 ovos
200 g de açúcar
0,5 dl de leite
3 c. (de sopa) de maisena
1 c. (de sobremesa) de fermento em pó
raspa de 1 limão
manteiga e açúcar em pó

Para o creme
150 g de açúcar
40 g de farinha
5 dl de leite
1 casca de limão
1 pau de canela Suldouro
canela em pó Suldouro



Preparação:
Ligue o forno a 180º C. Unte um tabuleiro com manteiga e forre-o com papel vegetal, também untado. Bata as gemas com o açúcar e junte-lhes a raspa de limão e o leite morno. Levante as claras em castelo e envolva-as, alternando com a maisena misturada com o fermento. Verta no tabuleiro e coza a meio do forno, por 15 minutos. Retire e deixe arrefecer. Vire sobre um pano polvilhado com açúcar em pó, descole o papel vegetal e reserve.

Creme: misture o açúcar com a farinha e, aos poucos, verta o leite. Mexa e adicione-lhes a casca de limão e o pau de canela. Leve a lume brando, mexendo até engrossar. Retire, elimine a casca e a canela e deixe arrefecer, mexendo.


Espalhe o creme sobre o bolo já frio e polvilhe a gosto com a canela em pó. Enrole com o pano, formando uma torta. Apare as extremidades e descole o pano. Corte a torta em fatias. Sirva fresca.



A flor de camélia apanhei no jardim da mãe :)



    Fonte: Suplemento TV 7 Dias n.º 1401



Beijinhos e fiquem bem.




Sopa de Espinafres com Flores de Cenoura

Uma sopa quentinha sabe sempre bem e se tiver uns miminhos ainda sabe melhor. Assim, sempre que tenho uns minutinhos extra, aproveito para mimar os meus “meninos” com umas flores a decorar a sopa. E eles gostam… Estão sempre a ver quem fica com mais!


Tempo de preparação: 45 m
Dificuldade: *
Vegetariano: não
Para crianças: sim
Ingrediente principal: legumes
Prato: sopa



Ingredientes:
batatas
cebola 

cenouras
courgette
abóbora
espinafres

azeite
sal



Preparação:

Na panela, ponha as batatas, as cenouras, a cebola, a courgette e a abóbora, tudo cortado em pedaços. Tempere de sal, tape com água e leve ao lume a cozer. Quando os legumes estiverem cozidos, retire algumas rodelas de cenoura e corte flores com um cortador. Reserve. Triture depois a sopa com a varinha mágica. Junte depois os espinafres e deixe cozer. Quase no final da cozedura, retifique os temperos. Desligue e deite um fio de azeite. A sopa está pronta a servir! Coloque a sopa no prato e junte as flores de cenoura. Bom apetite.




Beijinhos e fiquem bem.




Carne de Porco à Portuguesa com Patatas Bravas

Uma refeição cheia de cor e sabor bem ao gosto dos comensais cá de casa. As Patatas Bravas da McCain foram uma excelente aposta.




Tempo de preparação: 50 m
Dificuldade: *
Vegetariano: não
Para crianças: sim
Ingrediente principal: carne de porco
Prato: prato principal


Ingredientes:
carne de porco em rojões
massa de pimentão
dentes de alho
folhas de louro
vinho branco
azeite
amêijoas
Patatas Bravas McCain
coentros picados
pickles
sal e pimenta q.b.



Preparação:
Coloque os rojões dentro de um recipiente com a massa de pimentão, alhos esmagados, o louro, vinho, sal e pimenta. Deixe marinar 30 minutos. Core os rojões bem escorridos no azeite. Verta a marinada sobre a carne e leve a estufar, em lume brando, 15 minutos. Cozinhe as Patatas Bravas de acordo com as instruções da embalagem. No final da cozedura da carne, retifique os temperos e polvilhe com os coentros. Sirva a carne com pickles, as Patatas Bravas e uma salada a gosto.




Beijinhos e fiquem bem.




Coruja Porta Ganchos em Tecido e Feltro

Esta foi a outra parte da encomenda da minha amiga A., aquela que me deixou mais nervosa, porque nunca tinha feito nenhuma e até desconhecia para que servia. Lá fui eu mais uma vez pesquisar para ver se encontrava algo que agradasse. Comprei os tecidos, fui cortando as peças, e… só tenho a dizer que adorei o resultado final. A prova disso é que já voltei a repetir a experiência. Gostam? 











Beijinhos e fiquem bem.




Pregadeiras em EVA

Quem me segue na página do facebook, já viu estas pregadeiras há algum tempo, mas estavam em falta por aqui. Foram feitas já o ano passado. Uma encomenda da minha amiga A. a quem eu muito agradeço :) Todos os desafios são sempre muito bem-vindos. Se bem que demorei um pouco a concretizar a encomenda, mas por vezes a falta de inspiração dá cabo de mim… Nada que não se resolva com um empurrãozinho e um pouco de força de vontade…

Espero que quem as tenha recebido tenha gostado do meu trabalho.










Esta foi feita já depois de ter feito as outras. Numa das minhas pesquisas, encontrei algo que me agradou e que depois tentei reproduzir. Foi também personalizada com nome, mas coloquei um fio para pendurar. Acabei por não fazer uma foto do resultado final, mas gostei. Acho que quem a recebeu também gostou...




Beijinhos e fiquem bem.




Cornucópias Recheadas com Creme de Limão

Depois de ter feito este creme aqui pela primeira vez, que é nada mais, nada menos que um simples creme de pasteleiro, fiquei deliciada e agora quero aplicá-lo em tudo e mais alguma coisa. Este creme pode ser aromatizado com baunilha, limão ou outro sabor a gosto. Eu confesso que prefiro o limão.

É um creme muito fácil de fazer e combina com quase tudo… Bom para tortas, tartes, crepes,…

Numa visita ocasional a uma loja aqui em Tomar, encontrei as formas a um preço muito acessível. Na altura não as trouxe, achei que não valia a pena, mas depois fiquei arrependida… Uns dias depois, lá voltei eu para as comprar!!!

E logo na primeira oportunidade, lá fui eu testar a minha sorte! Tive logo uma grande sorte… Ao tentar desenfiar umas formas das outras cortei-me logo… e doeu! Safa! Mas não desisti e valeu bem a pena.


Tempo de preparação: 40 m
Dificuldade: *
Vegetariano: não
Para crianças: sim
Ingrediente principal: massa folhada
Prato: lanche






Ingredientes:
1 massa folhada retangular
3,75 dl de leite
110 g de açúcar
1 casca de limão
20 g de farinha de trigo
20 g de farinha maisena
3 gemas
açúcar em pó
canela moída Suldouro
cerejas cristalizadas



Preparação:
Prepare o creme: Ferva 2,5 dl de leite com metade do açúcar e a casca de limão. Misture o restante açúcar com a farinha e a maisena. Junte o restante leite, que reservou frio, e misture. Acrescente as gemas ao creme anterior e misture bem. Verta-lhe o leite quente, mexendo sempre. Leve a cozer, até ficar espesso. Retire a casca de limão do preparado e transfira-o para outro recipiente. Tape-o com película aderente, colando-a ao creme, para não adquirir crosta, e deixe-o arrefecer.

Ligue o forno a 200º C. Estenda a massa folhada. Corte-a em tiras de 2/3 cm no sentido do comprimento. Unte as forminhas, passando nelas um papel absorvente embebido em óleo. Enrole a massa na forma, sobrepondo um bocadinho e coloque a forma num tabuleiro forrado com papel vegetal não aderente, com a ponta da massa virada para baixo. Leve ao forno, até a massa ficar douradinha.
  
Retire do forno e desenforme ainda quentes, mas com cuidado. Coloque o creme num saco de pasteleiro com boquilha e preencha as cornucópias. Corte as cerejas em pedaços e aplique. Disponha as cornucópias num prato de servir e polvilhe a gosto com canela e açúcar em pó. Resista-lhes se conseguir :) 






Beijinhos e fiquem bem.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...