Bolo de Chocolate Sem Leite e Sem Manteiga


A mãe viu a receita na tv e disse logo que não tinha conseguido apanhar os ingredientes todos e que eu tinha que lhe encontrar a receita. Estamos a falar da receita de quem? Do Chef Hernâni Ermida, pois claro! Se é assim uma maravilha então também tenho que experimentar…


… Tenho a dizer que até não era muito apreciadora de bolos de chocolate, mas… Este vale muito a pena! O que seria de mim sem si Chef!!! Sempre com partilhas simples e deliciosas… Mais uma para o caderninho… Só retirei 50 g de açúcar em relação à receita original e não coloquei a cobertura. Se simples já é uma maravilha, imaginem com a cobertura... Eu vou ficar por enquanto pela imaginação!

Brioche Buchty Recheado com Açúcar e Canela


Depois da primeira vez, não passou muito tempo até eu voltar a colocar as mãos na massa. Há alturas assim, que só me apetece mesmo este tipo de massas. Deixar a levedar e passado um tempo olhar e ver que algo está a acontecer por debaixo do pano, é uma coisa fantástica. Uma agradável surpresa mesmo!


Ingredientes:
500 g de farinha de trigo
10 g de fermento seco de padeiro
2 ovos
100 ml de leite
60 g de açúcar
200 ml de natas
1 c. (de café) de sal fino
Açúcar
Canela em pó
Manteiga derretida
Açúcar em pó para polvilhar


Preparação:
Comece por amornar o leite. Junte depois o fermento, mexa bem e reserve tapado. Na batedeira coloque as varas de amassar. Adicione na taça a farinha, o sal, o açúcar, os ovos e as natas e por fim a mistura de leite e fermento. Bata até obter uma massa elástica e lisa. Retire as varas e tape a taça. Deixe levedar cerca de 1h 30m perto de uma fonte de calor. Numa mesa polvilhada com farinha, amasse ligeiramente e estique a massa com um rolo para formar um retângulo. Pincele todo o retângulo com manteiga derretida. Polvilhe a gosto com açúcar e canela em pó. Enrole como se fosse uma torta. Divida o rolo em sete partes iguais e coloque os rolinhos espaçados uniformemente numa forma redonda, previamente forrada com papel vegetal não aderente. Coloque um pano por cima da forma e deixe levedar novamente cerca de uma hora. Ligue o forno a 150º. Coloque o brioche no mesmo e aumente ligeiramente a temperatura que não poderá passar dos 170º C, cerca de 30 minutos. Passado esse tempo, retire e deixe arrefecer. Sirva polvilhada com açúcar em pó.



Bom Apetite!


Marta


Trio de Pudins


Adoro fazer miminhos para os meus meninos… Entenda-se… Adultos e Crianças! Mas andava a adiar fazer este miminho porque me parecia que ia sair uma enorme quantidade de pudim apenas para 4 bocas… Assim sendo, fui ver as embalagens dos pudins e percebi de dava para fazer apenas metade da receita… E assim fiz numa sexta-feira à noite consegui fazer as duas primeiras camadas e no sábado logo de manhã terminei a última! Alguém quando viu os copinhos disse… UAU!!! Mas quando percebeu que era pudim… Esmoreceu logo… Mas eu incentivei para que provasse, que o sabor a morango era muito bom… Mas posso só comer metade? Podes… e ao jantar terminas! Funcionou… Lá comeu!

Feijoada de Potas com Tiras de Bacon


Este é um daqueles pratos que eu gosto de comer em qualquer altura do ano, seja inverno, seja verão… Adoro, talvez por causa dos coentros, que é uma das minhas ervas aromáticas preferidas. Penso que já tenho por aqui algumas sugestões do género, mas vale sempre a pena relembrar, quanto mais não seja para os mais distraídos…

Marmita #24

Potas Estufadas com Grão e Bróculos


Ingredientes:
tiras de pota
grão cozido
dentes de alho
folha de louro
cebola
azeite
chouriço corrente
polpa de tomate
massa de pimento
vinho branco
cenoura
bróculos
sal
pimenta

Preparação:
Descasque os dentes de alho e a cebola, pique-os e refogue no azeite, juntamente com a folha de louro. Adicione a cenoura, o enchido cortado às rodelas, as potas cortadas em pedaços e tempere com pimenta. Adicione a polpa de tomate, a massa de pimento e refresque com o vinho branco. Deixe estufar; se necessário acrescente água. Acrescente depois o grão cozido; assim que ferver, junte os raminhos de bróculos e retifique os temperos. Coloque tudo na caixinha e feche bem. Saboreie a sua marmita :)


Bom Apetite!


Marta

Bacalhau Gratinado com Couve-flor


Mais uma receitinha aprovada do Chef Hernâni Ermida. A minha mãe viu a receita na tv e falou-me sobre ela. Lá fui eu cuscar. Pareceu-me bem, então toca a experimentar. Foi uma verdadeira surpresa… A filhota acertou logo no ingrediente principal…  


Ingredientes:
650 g de bacalhau cozido e limpo de pele e espinhas
650 g de raminhos de couve-flor crua
1,5 dl de azeite
5 dentes de alho picado
1 raminho de salsa ou coentros picados
1/2 limão
30 g de manteiga
30 g de farinha
4 dl da água de cozer o bacalhau quente
1 pitada de noz-moscada
100 g de queijo ralado
Sal e pimenta acabada de moer

Preparação:
Lave os raminhos de couve-flor, leve ao lume um tacho com água abundante, deixe ferver, junte o limão espremido e os raminhos da couve-flor, deixe ferver durante 2 minutos, depois escorra e deixe arrefecer. Deite os alhos para um tacho, junte o azeite e leve ao lume, deixe aquecer, junte o bacalhau e mexa bem sem tirar o tacho do lume até o bacalhau ficar bem desfeito. Deite a couve-flor num robot, ligue até ficar tipo um granulado, depois junte-a ao bacalhau e misture bem, deixe cozinhar em lume brando. Prepare o molho, deite a manteiga para um tacho, leve ao lume até derreter, junte a farinha, mexa bem, junte a água de cozer o bacalhau aos poucos, mexendo sempre até ficar um creme liso. Tempere com sal, pimenta e noz-moscada, mexa bem, junte depois ao bacalhau, mexa bem, junte a salsa e misture. Deite para um prato de forno, espalhe e polvilhe com o queijo, leve ao forno que já deve estar a 180º durante 20 minutos, retire e sirva quente.



Arroz de Feijão com Pescada Frita


Se tem coentros, para mim está bom! Adoro ter sempre esta erva aromática por perto… A mim enche-me de sabor! Dá aquele toque especial ao prato. Por vezes até a junto a uma salada normal… Manias!

Pote de Gelatina e Maçã


De vez em quando aos fins de semana, faço gelatinas simples para os meus meninos…grandes e pequenos… Mas como também costumo fazer puré de maçã para os mais gulosos, desta vez decidi fazer uma combinação destes dois miminhos. Espero que gostem.

Cilercas Estufadas com Carne e Massa


Recentemente chegaram aqui a casa algumas cilercas e aproveitei para fazer o género de uma massada. Também já fiz a mesma receita mais coisa menos coisa, com arroz, mas quando o fiz, fiquei sem bateria e não consegui registar. Mas em breve certamente voltarei a fazer, porque ficou um prato bem interessante!

Queijadas de Queijo Fresco com Canela


A Páscoa está mesmo aí, por isso aproveito para deixar uma sugestão bem rápida e deliciosa. O queijo fresco e a canela, fazem-me lembrar esta altura do ano, não sei bem explicar porquê… Ideias! Bem, o que eu tenho a dizer sobre estes miminhos, é que é difícil comer só uma de cada vez! São muito engraçadas quando estão no forno... Quando começam a crescer, parece que estão a rebentar por todo o lado e depois ficam assim cheias de rachinhas... 

Arroz Doce 4 Leites


Arroz doce é para mim daquelas sobremesas que não pode faltar em ocasiões de festa e esta versão, tem-se revelado para mim, mesmo uma verdadeira delícia. Não sei se já tiveram oportunidade de experimentar, mas é tudo de bom. É claro que continuo a apreciar o arroz doce tradicional, mas este não lhe fica nada atrás…

Folhado Torcido de Morango


Fiz este miminho para levar para um almoço de angariação de fundos. Desapareceu todo num instante. Num sábado à tarde, tinha estado a ajudar na preparação do almoço do dia seguinte e tinha prometido levar algo doce para depois partilhar assim que o almoço fosse servido. E como o tempo não chega para tudo, lá pensei que as massas folhadas iam ser a minha salvação. Então na manhã de domingo, estendi as massas folhadas e levei ao forno, para ficar um miminho bem estaladiço…


O que me tramou mesmo, foi eu pensar que tinha creme de chocolate e avelãs… Não tinha, não faz mal, tinha doce de morango, também é doce e ficou bom!

Lasanha de Carne


De vez em quando há alguém que diz: -“Oh mãe! Há tanto tempo que não fazes lasanha!? Podes fazer hoje?”

Hoje… Hoje... NÃO!… Quem sabe se no próximo fim-de-semana… Sim, porque eu também gosto muito deste pratinho, mas prefiro fazê-lo ao fim-de-semana, que é quando gosto mais de estar na cozinha…

Caracóis Doces

 
Andava há que tempo para por a mão nesta massa… Mas fui adiando, umas vezes por isto, outras por aquilo, até que num destes domingos em que choveu toda a tarde, não fui de modas… A lareira estava acesa, o ambiente acolhedor, nada melhor que preparar uma massa… Vamos então amassar!!! O certo é que passei a tarde toda na cozinha, a fazer outras coisas, é claro, mas tudo relacionado com paparocas… Oh! Mãe… Podes fazer waffles para o lanche… Pronto está bem… Eu gosto de estar em movimento na cozinha…

Tiras de Pota Estufadas com Grão e Bróculos


Sempre que chegam até mim bróculos, aproveito sempre para os incluir em várias receitas. Ora como acompanhamento, ora misturados,… Esta é uma das opções em que não oiço tantas reclamações tipo: -“Não quero mais bróculos!” Assim estão lá e não há muito a fazer… 

Carapaus Fritos com Migas de Couve Portuguesa


Há muito tempo que não comia carapaus fritos em casa! Antigamente, sempre que ia ao mercado semanal, aproveitava para trazer alguns comigo… Mas com as mudanças que por lá começaram a implementar e pela minha falta de tempo/horário, acabei por deixar de comprar estes peixinhos lá… Até que um destes dias numa superfície comercial, os vi a sorrir para mim e aí pensei: -Vamos lá matar as saudadinhas!

Santo António Pequeno - Menino Cabelo Castanho - EVA


Depois dos Santos Antónios médios chegou o pedido para fazer os mesmos Santos Antónios, mas em tamanho mais pequeno. Pequeno corresponde aproximadamente a 16 cm, mais coisa menos coisa. Na minha opinião, mais pequeno do que isto, perde a graça… Lá fui eu tentar fazer chinelinhos novos e reduzir todos os moldes… Tirando as flores, que é o que me faz perceber, qual é o tamanho, quase tudo está igual. É que já fiz alguns e às tantas, quando estou a olhar para as fotos já não sei se é médio ou pequeno… Valem-me as flores, que são bem mais simples de fazer e também são bonitas… Jarros! Adoro.

Brioche Buchty


Há alturas do ano em que me apetece mesmo por as mãos na massa… Por um lado, para poder descarregar toda a fúria que por vezes se apodera de mim, por outro me poder deliciar com estas massas fofinhas e aromáticas… Esta maravilha já foi feita no inverno, mas só agora a consegui publicar… Logo depois desta seguiu-se uma nova versão, que partilharei brevemente...

Torta de Coco Passo-a-Passo


Uma amiga sabe que eu sou fã de coco, então deu-me a provar esta pequena maravilha, digo, grande maravilha! É claro que a receitinha teve que vir comigo para eu testar e logo que tive oportunidade, lá fui eu para a cozinha por em prática a receita. Confesso que já tinha saudades de fazer uma torta! Tinha tantas saudades, que mal deixei arrefecer a torta no pano, o que originou a que ficasse sem alguns pedaços de “pele”… Ou então foi por não ter polvilhado bem o pano com coco… Pormenores! Posso dizer que é uma torta de quindim… Ou algo do género. Fica assim… nem consigo descrever… O melhor mesmo é experimentarem e não há desculpas do tipo… As tortas a mim não me saem bem, não consigo enrolar,…

Girassol EVA - Equinócio da Primavera


Foi na passada semana, mais propriamente no dia 20 de Março que se deu o Equinócio da Primavera e para celebrar esse dia, foi pedido na escola da filhota que os pais juntamente com os filhos, fizessem uma flor para colocar no exterior da escola nesse mesmo dia.

Podíamos utilizar os materiais que entendêssemos e dar asas à imaginação. Confesso que desde o início do ano, a minha imaginação deve ter ido de férias e a minha força de vontade também… Resumindo… Andei até à ultima a pensar em como iria fazer a flor… A filhota escolheu logo que queria um girassol… Ok! A minha primeira ideia foi fazer em papel, mas depois em conversa com outras mães, essa ideia dissipou-se… Então e se chovia? Pois…

Biscoitos de Laranja e Aveia com Nozes


Tenho a dizer que não posso voltar a fazer estes biscoitos! Então não é que levei uma caixinha comigo para o meu local de trabalho, com cerca de uma dúzia e ia dando cabo deles numa manhã?!? Tive mesmo que me controlar!... Mas foi tão difícil, mas tão difícil! Esta receita rendeu aproximadamente 25 biscoitos… Metade para mim, metade para ti… O Amor é assim…

Vela Perfumada Pequena Personalizada


Ainda há padrinhos e madrinhas que merecem mimos! Os meus merecem, apesar de não nos vermos muitas vezes, estão no meu coração! Para quem não sabe o dia do Padrinho comemora-se a 30 de janeiro e o dia da madrinha a 25 de novembro… (Pesquisa realizada na net) Eh! Eh! Eh! Como também sou madrinha, quem sabe se um destes dias não recebo também um mimo destes…

Pescada Mariscada no Forno


Esta sugestão revelou-se muito boa mesmo. Acredito que mesmo numa versão mais económica (sem o camarão) que será igualmente boa. Acho que pequei apenas na quantidade de água que usei para dissolver o creme de marisco. Acho que devia ter usado uma quantidade maior do que aquela que menciono na receita. Isto da net é muito engraçado, vi no Pinterest uma receita que me chamou a atenção e no mesmo dia vejo uma receita idêntica partilhada pela Teleculinária… Ora eu como sou muito indecisa, acabei por fazer uma mistura das duas… Pronto, lá fiz a minha versão. Espero que gostem!

Folhados Torcidos de Chocolate


Isto é uma das coisas mais simples quando queremos uma gulodice… Fiz uma massa folhada que desapareceu logo após o almoço… Mesmo antes do café! Deixa provar este… e mais este… e foi um ar que lhe deu!

Bolo de Queijo com Chocolate Granulado


Confesso que este não é o meu tipo de bolos preferidos, mas também confesso que esperava obter outro tipo de bolo, um bocadinho mais enqueijado/húmido… Mas acho que fui eu que fiz asneira e acabei por bater as claras em castelo… Manias!?! Ficou um bolo fofinho, mas não era aquela textura que eu esperava encontrar… Depois também escolhi mal a forma, acho eu… Enfim, vou ter que voltar a repetir esta receita e desta vez com a cabeça em cima dos ombros… Valha-me Deus, que há dias difíceis, mas faz parte, não é verdade? Nem as fotos ajudaram...

Santo António - Menino Cabelo Preto - EVA


Mais um modelito! Eu ainda não tenho nenhum para mim, mas quem tem um Santo António, tem tudo, não é verdade?! Espero que quem tenha consigo um destes modelos que ao longo do tempo tenho vindo a partilhar, que seja um mimo de alegria e cumplicidade! É com todo o gosto que os tenho feito. Não são perfeitos, nem nenhum igual a outro… São únicos e agora são vossos! Um grande bem haja a quem me tem feito encomendas.

Bacalhau Espiritual - Teleculinária


Receitas de bacalhau é sabido que há mais que muitas, no entanto há umas que nos chamam mais à atenção do que outras. Eu confesso que já me tinha despertado um pouco a curiosidade, mas olhar para a lista de ingredientes e ver lá pão, deixou-me a torcer o nariz… Mas foi apenas isso, quando andava numa de preparar receitas de bacalhau que foi uns quantos sábados seguidos, lá tive que experimentar… O pão não se ia rir de mim… Lá comprei uma quantidade de pão ao padeiro que só vejo ao sábado e fui experimentar esta receita… Um dos comensais disse que era uma das suas receitas preferidas…

Marmita #23

Tiras de Perú com Grão e Bacon


Ingredientes:
Peito de peru
Grão cozido
Tiras de bacon
Cebola
Dentes de alho
Folha de louro
Azeite
Cenouras
Polpa de tomate
Massa de pimento
Cerveja
Caldo de galinha
Sal
Pimenta

Preparação:

Corte o peito de perú em cubos. Leve ao lume um tacho com azeite e deixe aquecer. Junte a cebola, a folha de louro e os alhos picados; deixe refogar. Acrescente depois os cubos de peru, o bacon e a cenoura cortada em cubos, deixando refogar novamente. Adicione depois a polpa de tomate, a massa de pimento e a cerveja; tempere a gosto com sal e pimenta. Tape e deixe cozinhar em lume brando durante 15 minutos, mexendo de vez em quando. Depois junte o grão, o caldo de galinha e um pouco de água se necessário. Deixe cozinhar mais 15 minutos. Retifique os temperos. Coloque tudo na caixinha e feche bem. Saboreie a sua marmita :)



Bom Apetite!


Marta

Waffles Fofinhos com Puré de Maçã


Esta costuma ser uma das sobremesas eleitas para terminar os almoços de sábado… Para mim não podia haver melhor… O cheirinho das waffles conjugado com o sabor do puré de maçã, é uma verdadeira tentação… Vamos à receita?

Vela Perfumada Média Personalizada


E aqui temos uma vela personalizada ao gosto da cliente! O azul é a sua cor favorita. Eu estava reticente no uso de uma vela que não fosse branca, mas funcionou bem. 

As velas podem ser personalizadas com o que entendermos… Imagem, fotografia, nome, mensagem, data… As primeiras comunhões e as profissões de fé entretanto estão aí… E que tal um miminho para os convidados ou para guardar uma lembrança desse dia?



Espero que gostem. Beijinhos e qualquer coisa disponham.


Marta

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...