Torta de Claras com Ovos Moles

Hoje, para variar um bocadinho e para adoçar a boca trago uma torta ou uma tortinha, como lhe quiserem chamar… É o que faz ir em aventuras sem pensar!








Ingredientes:

Para a Torta
10 claras
10 c. (de sopa) de açúcar

Para os Ovos Moles
10 gemas
10 c. (de sopa) de açúcar,
10 c. (de sopa) de água

Para a Decoração
açúcar em pó
canela em pó


Preparação:
Bata bem as claras em castelo. Depois junte o açúcar e bata até obter um merengue firme. Forre um tabuleiro com papel vegetal anti-aderente e verta no seu interior o preparado de claras. Leve a cozer em forno aquecido a 200ºC, durante 10 minutos. Deixe arrefecer completamente no interior do forno. Desenforme depois de fria, em cima de um pano polvilhado com açúcar em pó. Entretanto, prepare os ovos moles. Num tachinho coloque as gemas, o açúcar e a água. Leve a lume brando mexendo sempre até engrossar. Deixe arrefecer um bocadinho e depois espalhe o doce de ovos. Com a ajuda do pano enrole em forma de torta e leve ao frio até arrefecer completamente. No momento de servir, coloque a torta numa travessa e cubra com o restante doce de ovos. Decore a gosto com canela em pó. Sirva bem fresco.


Notas:

- Já tinha feito esta torta mas tinha usado 8 claras num tabuleiro tipo 28x30 ou 22x35, não me lembro bem, porque já foi há algum tempo…

- Mas desta vez, como tinha muitos ovos e já não tinha muito tempo para realizar algo rápido, pensei nesta torta, utilizando 10 claras, no tabuleiro do forno 34x41…

- Tudo muito certo, pensava eu… Quando a fui a tirar do forno e vi que era só quase uma pelinha!!!

- Ia caindo o Carmo e a Trindade!!! Já tinha os ovos moles prontos!!! Ah!!!!

- Eu já não estava bem em mim, como é que eu tinha caído na asneira de usar o dito tabuleiro, ou então poderia ter usado mais ovos!

- Lá me desgastei, aparei-a logo e depois é que a barrei com os ovos-moles e dei início ao enrolamento!

- Tinha pensado só a cobrir com os ovos-moles no dia seguinte, porque era para o almoço, mas pensei, já que está a correr mal, que corra hoje!

- Cobri, decorei com a canela e coloquei no frigorífico! Para meu espanto, no dia seguinte estava tal e qual!

- Ah! Afinal nem tudo estava perdido, eu pensei que aquilo ia ter uma coisinha durante a noite!

- Depois de tanta trapalhada, chegou a hora da prova e devo dizer, que apesar de fininha e ter muitas voltinhas, tava… tava… uma DELÍCIA!

- AMEI!

14 comentários:

  1. Marta, depois de tanta inquietação, afinal ficou bonita e gostosa.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Apesar dos contratempos, ficou muito bonito e não duvido que, deliciosa também.


    http://asvezescozinheira.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Linda torta e saborosa tambem deve ser.Já sigo o seu blog algum tempo,tem bolos lindissimos e bons pois já fiz alguns, mas tem umas maos para enfeitar como poucas,eu já não sou assim, parabens.Mas gostava de lhe fazer uma pergunta,onde encontra o coco em cores eu não encontro, ou põe-lhe corante,creme russo, tambem é outro ingrediente.Tenho uma filha que vai fazer 6 anos agora e por vezes vê os bolos,até já escolheu um bolo dos seus e eu não sei onde encontrar. Agradecia se me pudesse responder. Continue assim e resto de uma boa semana Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dores! Muito obrigado pelo seu comentário tão simpático! Fico contente que tenha gostado dos bolos que já experimentou!

      O coco verde compro aqui em Tomar, no Intermarché! Existe na cor verde, azul, castanho e um mix das três cores, portanto 4 variedades, mas por vezes algumas cores estão esgotadas. É da marca Grande Porto, não sei se conhece.
      Há quem também o faça com corante, mas eu sinceramente nunca o fiz!

      O creme russo costumo encomendar online na Casa Januário:
      http://www.casajanuario.pt/web/info.php?c=32_44_138&i=573

      Também pode encomendar online nos Cenários Gulosos:
      http://www.cenarios-gulosos.pt/Products/1182-creme-russo-emb-500gr.aspx

      O creme russo é um pó, que basta juntar água ou leite e obtém um creme delicioso!

      Espero ter ajudado. Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá novamente
      Antes demais muito obrigada pela disponilidade e simpatia com que me respondeu, é que eu já vi em vários sitios e não encontro, assim posso encomendar.Continuação de boas receitas e obrigada pela ajuda.Beijinhos

      Eliminar
  4. Pois olha que ficou linda, o enroladinho está perfeito!
    Aliás as tuas tortas são sempre perfeitas.

    ResponderEliminar
  5. Fizeste-me rir com essa história... mas o uqe interessa é que ficou boa. Dava já, já uma trincona nela :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Ficou linda,apesar dos contratempos.
    Beijinhos
    Brigida e Cláudia

    ResponderEliminar
  7. Olá,
    às vezes é com este contra-tempos que nasce e sai obras de arte... A tua torta está com um aspecto delicioso.

    Beijos e gostei do teu blog

    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Olá Marta boa noite!
    Fiquei a rir com o seu post mas, no meio de tanto contratempo ficou com uma sobremesa maravilhosa!
    Parabéns!
    Bjs e bom fim semana.

    ResponderEliminar
  9. Bem que aspecto!!! Agora ia uma fatia!!
    Venho todos os dias ver o seu blogue, e acredite que sou sua fã, é que para além das receitas deliciosas que aqui coloca também tem uma coisa que eu admiro e que eu não tenho jeito nenhum: a decoração! É que os olhos também comem...
    Muitos parabens!

    Isabel Rodrigues Figueiredo

    ResponderEliminar
  10. Adoro tartes de claras mas tenho a certeza que a minha nunca ia ficar com tão bom aspecto. está perfeita:D

    ResponderEliminar
  11. Olá Marta, esta torta é linda e deve ser muito boa :)
    Gostava de a experimentar mas tenho uma dúvida, a torta enrola-se completamente fria? Não racha mais facilmente do que se for enrolada quente?
    Obrigada e parabéns pelo seu blog que tem receitas fantásticas :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Daniela!
      Obrigada desde já pelo teu simpático comentário.

      Em relação à torta, costumo-a enrolar praticamente fria. Polvilho o pano com açúcar em pó para que não se agarre e a pele da torta fica tão fofinha que é fácil de enrolar e neste caso não partiu.

      Ás vezes é uma questão de sorte e estarmos concentradas naquilo que estamos a fazer. Esta quando a tentei desenformar parecia-me perdida!!! Nem estava a conseguir retirar o papel, mas com a ajuda de uma faca, foi mais fácil, porque a torta era muito fininha.

      Quando experimentares se puderes partilha comigo a tua experiência.

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pelo seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...